Áreas de conservação comunitárias para os distritos de Dondo e Nhamatanda

Depois do distrito de Cheringoma em Novembro de 2020 ter criado uma Área de Conservação Comunitária – ACC, os distritos de Dondo e Nhamatanda também estão em processo de criação das suas áreas. Durantes os dias 17 e 18 de Agosto realizaram-se as reuniões de Audiência Pública para este efeito. A criação destas áreas tem como objectivo, assegurar a manutenção e a proteção dos valores da conservação, estéticos, históricos e culturais, como também melhorar a situação socioeconómico das comunidades locais, através da geração de rendimentos e uso sustentável dos recursos naturais.

Segundo Araman, Director de Conservação da ANAC, o objetivo da consulta foi ouvir reações à proposta de diferentes estratos sociais. Através do estabelecimento de conselhos de administração comunitária que irão integrar os comités de gestão de recursos naturais de uso sustentável, os membros destas comunidades poderão gerir estas áreas de conservação.

A Secretária de Estado de Sofala, Stella Zeca, referiu que a área de conservação constituiria um espaço de uso sustentável no domínio público e comunitário, delimitado sob a gestão de uma ou mais comunidades locais titulares do direito de uso e aproveitamento da terra (DUAT). Zeca enfatizou que estas comunidades devem reconhecer o valor ecológico do recurso, proteger e conservar o recurso e estabelecer modelos de uso e gestão sustentáveis para aumentar a sua renda.

As propostas de criação destas ACCs foram discutidas na cidade da Beira, província de Sofala e contaram com a participação dos membros do Governo Provincial, dos Distritos de Dondo e Nhamatanda e os respectivos Régulos, membros da sociedade civil e Universidades.

Leave a Reply

Create a website or blog at WordPress.com

Up ↑

%d bloggers like this: