Assinatura do Memorando de Entendimento entre o Projecto de Restauração da Gorongosa e a Embaixada da Irlanda

(Foto: Adolores Guimarães, Embaixadora Nuala O’Brien e Greg Carr.)

Segunda-feira, 09 de Novembro de 2020

O Projecto de Restauração da Gorongosa (PRG) e a Embaixada da Irlanda em Moçambique assinaram a semana passada na cidade, Maputo o Memorando de Entendimento, com o objectivo de apoiar a implementação do Plano de Negócios dos próximos 5 anos, com vista ao alcançe da visão de 30 anos do Projecto de Restauração da Gorongosa.

A Embaixada da Irlanda em Moçambique irá financiar, durante cinco anos a implementação destes projectos no valor total de 5.000.000 milhões de euros. A Embaixadora da Irlanda, Nuala O’Brien, declarou que “Através do reforço desta colaboração esperamos que haja avanços nas seguintes áreas: desenvolvimento humano (educação, saúde, género, água e saneamento), conservação, ciência, e na promoção de actividades económicas. Esperamos que a promoção de actividades sustentáveis vinculadas à geração de renda contribua para a manutenção da paz e a prosperidade das comunidades locais que vivem nas áreas abrangidas pelo trabalho do projecto.”

O Presidente do Projecto de Restauração da Gorongosa, Greg Carr, afirmou que “Estamos honrados com a parceria com o povo Irlandês e gratos por este apoio. Eles compartilham os nossos valores de que todas as crianças devem estar na escola, que a biodiversidade precisa ser protegida para o benefício de toda humanidade, e que o Parque da Gorongosa pode servir de motor para criar uma economia verde no centro de Moçambique para beneficiar as famílias locais.”

O Director Geral da Administração Nacional de Áreas de Conservação que supervisiona todos osparques nacionais em Moçambique, Mateus Mutemba, disse: “Em Moçambique estamos a reinventar a definição de ‘parque nacional’. Vemos um parque nacional como o protector da biodiversidade crítica, mas também, a funcionar dentro de uma paisagem alargada para ser um motor de progresso para as pessoas que chamaram aquela paisagem de ‘casa’ durante incontáveis milénios. A Gorongosa é o nosso parque nacional de referência.”

Cotoveladas, o aperto de mão dos nossos tempos!

Sobre a Embaixada da Irlanda

Moçambique tem sido um parceiro privilegiado do programa de cooperação para o desenvolvimento do Governo da Irlanda desde 1996. Ao longo dos últimos 25 anos, as relações entre a Irlanda e Moçambique têm vindo a aumentar baseadas num diálogo transparente e no princípio da boa-fé.

O programa de cooperação da Irlanda em Moçambique destaca – se, pelo compromisso constante em abordar questões ligadas à erradicação da pobreza, alterações climáticas e manutenção da paz e segurança. As intervenções da Embaixada da Irlanda em Moçambique focam-se, principalmente, no apoio às áreas da saúde, educação, género e protecção social, acções de fortalecimento de capacidade institucional e desenvolvimento das organizações sociedade civil.

A gestão sustentável e transparente dos recursos naturais e do meio ambiente é uma das prioridades dapolítica de desenvolvimento internacional do Governo da Irlanda, “A Better World”. Valorizamos osesforços levados a cabo pelo Projecto da Gorongosa em encontrar um modelo de equilibrio e harmonia entre o desenvolvimento das comunidades locais e a conservação do meio ambiente.

Para informações de carácter genérico, sobre a Embaixada da Irlanda em Moçambique por favor consulte www.dfa.ie/mozambique
Pode seguir as actividades quotidianas da Embaixada da Irlanda em Moçambique aqui:https://m.facebook.com/EmbassyofIrelandMozambique/

Sobre o Projecto da Gorongosa

O Parque Nacional da Gorongosa (PNG) em Moçambique é talvez a maior história de restauração da vida selvagem em África. Em 2008, foi estabelecida uma Parceria Público-Privada de 20 anos para a gestão conjunta do PNG entre o Governo de Moçambique e a Fundação Carr (Projecto de Restauração da Gorongosa), uma organização sem fins lucrativos dos EUA. Em 2018, o Governo de Moçambique assinou uma prorrogação do acordo de gestão conjunta por mais 25 anos. Ao adoptar um modelo de conservação do século XXI para equilibrar as necessidades da fauna bravia e das pessoas. O PNG está a proteger e salvar esta bonita natureza selvagem, devolvendo-o ao seu devido lugar como um dos maiores parques nacionais da África.

O PNG foi descrito como um dos mais diversos parques da Terra, cobrindo uma vasta extensão de 400.000 hectares. Nos últimos anos, o Projecto da Gorongosa, com o apoio da Administração Nacional de Áreas de Conservação de Moçambique (ANAC), garantiu a protecção de uma população em recuperação de Leões neste ecossistema, reduziu com sucesso ameaças-chave e viu o Parque reconhecido como um dos “LastWild Places” pela National Geographic e como um dos “World’s Greatest Places” pela TIME Magazine.

Se desejar receber mais informações sobre este assunto, por favor ligue para Vasco Galante através de +258 82 2970010 (WhatsApp) ou envie email para vasco@gorongosa.net.

Para informações de carácter genérico, por favor consulte http://www.gorongosa.org /https://www.gorongosacoffee.com

Pode seguir as actividades quotidianas do Parque Nacional da Gorongosa aqui: https://www.facebook.com/gorongosa

Leave a Reply

Create a website or blog at WordPress.com

Up ↑

%d bloggers like this: